Diabetes nos Gatos

gato-beber-agua

Os gatos são animais de estimação amorosos, capazes de nos proporcionar anos de companheirismo. Como outros animais de estimação, os gatos por vezes também podem ficar doentes. Existem vários tipos diferentes de doenças que os gatos podem padecer, uma das quais é a diabetes felina. Diabetes felina é uma doença grave, embora possa ser tratada por um veterinário.

A diabetes é mais comum entre os seres humanos do que nos gatos ou outros animais. A causa da diabetes é realmente muito simples de explicar. O açúcar, ou glicose, é encontrado no sangue. O nível de açúcar no sangue no corpo ou no animal é mantido sob controlo pela hormona insulina, produzida pelo pâncreas. Quando o pâncreas não produz insulina suficiente, a culpa é da diabetes.

Os sintomas da diabetes felina variam. Os sintomas mais comuns incluem aumento da urina e aumento da sede. Outros sintomas de diabetes felina incluem perda de apetite e perda de peso. O aumento da sede do seu gato é fácil de detetar, já que será de notar o prato de água vazio durante todo o dia.

Se você não avançar imediatamente cm o tratamento da diabetes do seu gato, ele acabará por se tornar inativo, irá vomitar regularmente e, eventualmente, poderá cair em coma. Por outro lado, iniciar de imediato o tratamento, o gato irá provavelmente levar uma vida normal e saudável. Tenha em mente que o tratamento da diabetes não acontece da noite para o dia – leva tempo e dedicação.

Os gatos que tiverem diabetes felina precisarão receber comida à mesma hora todos os dias. E devem ser impedidos de sair à rua. Você precisará dar-lhe doses de insulina uma ou duas vezes por dia. Assim que o seu veterinário analisar o seu gato, ele irá informar quantas doses e quanta insulina você precisará dar ao seu gato.

Antes de administrar a dose de insulina, certifique-se que o seu gato já se alimentou. Se lhe der a dose de insulina antes de ele comer, ele pode acabar tendo um choque de hipoglicemia. Esse choque também pode ocorrer caso lhe dê insulina a mais. Uma hipoglicemia pode ser realmente perigosa, e deve ser evitada a todo custo, já que pode tornar-se fatal.

Após o seu gato tomar insulina por um período de tempo, o seu veterinário poderá reduzir a quantidade de insulina que deve administrar. Mesmo que ele possa ter que tomar a insulina para o resto da sua vida, ele terá uma vida saudável.

Se quiser saber mais sobre a diabetes em gatos e também em cães, assista ao seguinte vídeo:

Talvez seja do seu interesse...

loading...